A História das Armas de Pressão de Ar

As carabinas de pressão de ar são armas que são apenas alimentadas pelo projétil (na maioria das vezes de chumbo) que é impulsionado ao longo da carabina e que ao contrário das armas de fogo não utilizam cartuchos explosivos.

A utilização destas armas é bastante popular no tiro desportivo, no tiro recreacional ou até mesmo a caça de pequenos animais.

Apesar de inferiorizadas na ótica ofensiva, por não terem o mesmo poder destrutivo das armas de fogo, existem vários modelos deste tipo de carabinas capazes de disparar com extrema precisão projéteis a velocidades superiores a 300 m/s.

A história das armas de pressão de ar extende-se por vários séculos, podendo considerar-se a zarabatana como o seu primeiro antecessor, ou seja a primeira arma a utilizar a força do ar comprimido para disparar um projétil a altas velocidades.

zarabatana

Apesar de terem sofrido bastantes alterações durante o passar dos séculos, o princípio básico continua a ser o mesmo, ou seja, utilizar a imensa força do ar comprimido para disparar projéteis a grande velocidade.

fx mkII

Presentes desde o século XV, estas carabinas de pressão de ar eram utilizadas principalmente para a caça, sendo capazes de derrubar com um único tiro até animais como javalis.

Neste momento da história das armas de pressão de ar, este tipo de carabinas apresentavam bastantes vantagens em relação às armas de fogo, como por exemplo o facto de puderem ser utilizadas em quaisquer condições climatéricas, como chuva ou neve, momentos em que as carabinas de fogo falhavam devido à sua incapacidade de acender as mechas durante este tipo de condições.

Como estas não utilizavam pólvora para impulsionar os projéteis, o disparo nas carabinas de ar comprimido poderia também ser feito de uma forma silenciosa, não causando ainda faíscas, fumaça ou até mesmo fogo no momento do disparo o que causava por variadas vezes ferimentos e queimaduras no próprio atirador e permitindo a este manter-se escondido durante o disparo, seja durante uma batalha ou até mesmo uma caçada.

Antigamente disparar uma arma de fogo era um processo demorado que compreendia várias fases desde a inserção da pólvora, do fogo, da mecha e da bala com uma vareta, ao passo que numa carabina de pressão de ar era possível disparar mais de 20 tiros por minuto como por exemplo com o famoso rifle Girandoni, considerado por muitos especialistas como a primeira carabina de ar pré-comprimido (PCP) da história das armas de pressão de ar.

 

Encontre as melhores carabinas e equipamentos para a prática de Tiro Desportivo na loja online da Mundilar.

Visite-nos em: http://www.mundilar.net/mundilar loja online

 

 

Siga-nos
Facebook
YOUTUBE
Twitter
PINTEREST
INSTAGRAM
Follow by Email

Leave a comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *